Fronteira Festival
Data do Fronteira Festival / date
PT | EN

Notícias


IV Fronteira Festival promove sessões extras, gratuitas e com acessibilidade neste domingo

Publicado em 22/04/2018

Extensão da programação demonstra a preocupação do festival em abarcar a diversidade de experiências do espectador de cinema de Goiânia

O IV Fronteira - Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental, encerrado ontem, promove duas sessões extras, gratuitas e com acessibilidade do filme Diários de Classe, primeiro longa-metragem de Maria Carolina da Silva e Igor Souza (Brasil ,2017, 72 min), neste domingo, 22 de abril, no Lumière Banana. A sessão das 15h conta com audiodescrição, legendas descritivas e intérprete de libras; a das 17h, com audiodescrição e legendas descritivas.

Diários de Classe - O filme revela a história de uma mãe encarcerada por tráfico de drogas, uma empregada doméstica e uma jovem trans. Três mulheres que são diferentes em quase tudo, mas há algo que as une. Estudando em salas de aula de alfabetização para adultos, suas histórias nos fazem refletir: 130 anos depois da abolição, quais são as novas faces da escravidão?

DiretoresFormada no Bacharelado Interdisciplinar em Artes, Maria Carolina é cineasta, produtora, montadora e roteirista. A artista está na área do audiovisual desde 2003. Atua com documentário, animação e ficção live action. Formado em Arquitetura, Igor Souza atua como diretor audiovisual, diretor de arte, roteirista, pintor e ilustrador, tendo seus trabalhos exibidos na França, na Alemanha e em Moscou. Há três anos iniciaram a parceria com o curta de animação Entroncamento, indicado ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2017. Estão na produção de uma série de animação infantil, Aventuras de Amí.