Fronteira Festival
Data do Fronteira Festival / date
PT | EN

Notícias


Último programa da Mostra Especial: Visões da Destruição é exibido no IV FFF nesta sexta

Publicado em 20/04/2018

Residência crítica, competitivas internacionais de longas e curtas e mostra Atualidade Rossellini também integram a programação do dia

O IV Fronteira - Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental encerra a Mostra Especial: Visões da Destruição com seu terceiro programa, Reviver o Mundo. Útero (Womb), de Scott Barley (Reino Unido, 2017, 16 min); Plus Ultra, de Helena Girón e Samuel M. Delgado (Espanha, 2017, 13 min); Branco (Blanche), de Marc Hurtado (França, 2017, 34 min); Luz Vazada, Mancha do Amor (Light Lick, Love Stain), de Saul Levine (EUA, 2018, 3 min); e Patiras, de Jacques Perconte (França, 2017, 33 min), serão exibidos na sessão das 21h30 desta sexta-feira, no Lumière Banana. A programação do evento se estende até 21 de abril de 2018, no Cinema Lumière do Banana Shopping, no Centro de Goiânia. Os ingressos podem ser adquiridos a R$8 inteira, R$ 4 meia e R$ 70 o passaporte para todas as sessões.

Estado Crítico e Rossellini - Das 9h às 12h, no Espaço Sonhus, Ela Bittencourt e Victor Guimarães encerram o trabalho com os dez críticos de cinema na residência Estado Crítico. À tarde, às 13h40, de volta ao Lumière Banana, a Mostra Retrospectiva: Atualidade Rossellinin traz Descartes (Itália, 1974, 162 min), com comentários do curador Adriano Aprà.

Curtas e longas em competição - A Competitiva Internacional de Curtas continua às 17h30, com o Programa 3 - Paisagens da Memória, composto pelos filmes O Turista No Espelho, do goiano Lourival Belém Jr. (Brasil, 2018, 26 min); Travessia, de Safira Moreira (Brasil, 2017, 5 min); Armadilha (Decoy), de Alee Peoples (EUA, 2017, 10 min); Homem Negro Sem Identificação (Hombre Negro Sin Identificar), de Javier Extremera Rodríguez (Espanha, 2017, 16 min); Rosa, de Saif Alsaegh (EUA, 2018, 17 min); Nu Dem, de Jennifer Saparzadeh (Áustria / EUA / Grécia, 2017, 9 min); e Rua dos Construtores, n. 3 (3rd Builders’ Street), de Pim Zwier (Países Baixos, 2018, 13 min).

Às 19h50, a Competitiva Internacional de Longas-metragens prossegue com a exibição de Ouroboros, de Basma Alsharif (França / Palestina / Bélgica / Catar, 2017, 77 min).