Fronteira Festival
Data do Fronteira Festival / date
PT | EN

Debates

Debate da Mostra Especial: Às Primaveras que Virão

Escute o debate realizado no dia 15/04 (dom), após a sessão das 16h, no Cinema Lumière do Banana Shopping.

Os realizadores e pesquisadores Marcello Soldan, Mateus Ferreira e Tatiana Leal debatem sobre os filmes exibidos, que revelam a desobediência e os questionamentos, em linguagem e postura política, de cineastas-cidadãos em busca de um mundo diferente.

Participantes:

Marcello Soldan possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Goiás (2011) e mestrado em Sociologia pela mesma instituição (2014). Atualmente é professor substituto e pesquisador convidado da UFG. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia Urbana e Sociologia Política, atuando principalmente nos seguintes temas: Goiânia, violência, metrópoles, movimentos sociais, participação política.
 
Mateus Ferreira é estudante de Ciências Sociais e membro fundador do Centro Acadêmico de Políticas Públicas da Universidade Federal de Goiás.
 
Tatiana Leal é formada em Geografia pela UFG, foi voluntária do Centro de Mídia Independente, que em Goiânia se desdobrou em iniciativas como a Rádio Grilo, a Rede Arrastão de Rádios, o grupo de estudos em tecnologia para mulheres Mão na Máquina, o Movimento do Vídeo Popular, entre outros. Colaborou na articulação do coletivo local com movimentos latino-americanos através da participação em eventos na Argentina, México, Venezuela, Bolívia e Estados Unidos. Foi professora de Audiovisual, Mídias e Tecnologia na rede estadual de ensino em Goiás e atualmente está de mudança para cursar o mestrado em Media Arts & Culture na SUNY Purchase College.
 
 

Debate da Mostra Especial: Experimentos da Diáspora Africana

18/04 (qua), após a sessão das 14h20, no Cinema Lumière do Banana Shopping

Os professores, pesquisadores e realizadores Ádria Borges, Rei Souza, Ceiça Ferreira e Amaranta César debatem sobre o conjunto de poéticas pós-coloniais dos negros sobre si, suas imagens e o mundo, exibido na sessão.

Participantes:

Ádria Borges é mestre em História (UFG) e especialista em Fomação Docente em História e Culturas Africanas e Afro-Americanas (UEG) e em Culturas Negras no Atlântico (UnB). Atualmente suas pesquisas tem como ênfase a História dos grupos étnicos no Brasil, em específico Quilombolas e indígenas, atuando principalmente nos seguintes temas: Identidade e Cultura, Metódos e Técnicas de pesquisa em História, Educação para as relações étnico-raciais, Educação Indígena, História de Goiás, História da América e Arqueológia Histórica. Conta ainda com uma discussão sobre grupos ressurgentes no Brasil, indígenas e quilombolas, em específico os Tapuios do Carretão e os Kalunga em Goiás. Tem experiência em Educação para a Diversidade e História da África.
 
Amaranta César é professora e pesquisadora de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. É Doutora em Estudos Cinematográficos pela Universidade de Paris 3 - Sorbonne Nouvelle. Idealizou e é curadora do CachoeiraDoc - Festival de Documentários de Cachoeira. Tem publicado artigos e capítulos de livro sobre Cinemas Africanos e das Diásporas, Cinemas Indígenas, Documentário e Cinemas Militantes.
 
Ceiça Ferreira é doutora em Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB), na linha de pesquisa Imagem, Som e Escrita, e professora e pesquisadora do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual de Goiás (UEG), onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão nas áreas de comunicação e cultura, cinema, raça e gênero.
 
Rei Souza filho de pais maranhenses, nasceu em Bragança Paulista mas estabelece moradia no estado de Goiás no início dos anos 90. Transita entre Artes Visuais, Cinema e Literatura, sendo autodidata em todas essas linguagens. Já participou de exposições coletivas e realizou alguns documentários em curta metragem que circularam em festivais regionais e de âmbito nacional.
 
 

Debate da Mostra Especial: Cadmo e o Dragão

21/04 (sab), após a sessão das 17h40, no Cinema Lumière do Banana Shopping

Os realizadores e representantes goianos dos filmes exibidos na sessão, Larry Sullivan, Daniel Nolasco, Rafael de Almeida, Lucas Matheus e Silvana Belini, debatem sobre suas produções e sobre o fazer cinema de invenção no estado.


Newsletter

Assine nosso boletim